sábado, 31 de outubro de 2009

Frases de Caminhoneiro - 02/10

Como é difícil se livrar de uma mulher fácil!

Não leve a vida tão a sério : Você não vai sair vivo dela, mesmo!

Não mando a minha sogra para o inferno porque tenho pena do diabo.

Mulher feia vale por duas porque o marido sempre tem outra.

Mulher gata, gostosa, gente fina e fiel é igual a nota de R$ 30,00. Eu nunca vi...!!!

Cuide bem do seu filho, antes que um traficante o adote.

De nada adianta ter uma barriga de tanquinho se a torneira for pequena.

Destruidor de distâncias, devorador da saudade!

Deus abençoe as mulheres bonitas, e as feias se sobrar tempo.


31 de outubro - Halloween - Dia das Bruxas

Feliz



Dia



das



Bruxas!

O Halloween é uma festa comemorativa celebrada todo ano no dia 31 de outubro, véspera do dia de Todos os Santos. Ela é realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa nos Estados Unidos. Neste país, levada pelos imigrantes irlandeses, ela chegou em meados do século XIX.

História do Dia das Bruxas
A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros.

Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.

Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).

Símbolos e Tradições
Esta festa, por estar relacionada em sua origem à morte, resgata elementos e figuras assustadoras. São símbolos comuns desta festa: fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gatos negros e até personagens como Drácula e Frankestein.

As crianças também participam desta festa. Com a ajuda dos pais, usam fantasias assustadoras e partem de porta em porta na vizinhança, onde soltam a frase “doçura ou travessura”. Felizes, terminam a noite do 31 de outubro, com sacos cheios de guloseimas, balas, chocolates e doces.

Halloween no Brasil
No Brasil a comemoração desta data é recente. Chegou ao nosso país através da grande influência da cultura americana, principalmente vinda pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboram para a propagação da festa em território nacional, pois valorização e comemoram esta data com seus alunos: uma forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana.

Muitos brasileiros defendem que a data nada tem a ver com nossa cultura e, portanto, deveria ser deixada de lado. Argumentam que o Brasil tem um rico folclore que deveria ser mais valorizado.
Para tanto, foi criado pelo governo, em 2005, o Dia do
Saci (comemorado também em 31 de outubro).

Fonte: Site Sua Pesquisa

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

O pobre na filosofia popular

A sabedoria popular também pode ser considerada como uma filosofia do povo que, sem nunca haver alisado os bancos das universidades e sem tomar conhecimento das ideias dos grandes pensadores, tem suas ideias próprias e estabelece seus conceitos através dos provérbios, dos ditos e das legendas de caminhões.

O pobre, apesar de todas as adversidades da vida, consegue levar as coisas ainda com bom humor e sabedoria. E pra sobreviver dá nó em pingo d’água, sobe em bananeira com tamancos, dá beliscão em fumaça. Vejamos agora, como o pobre é considerado, como é visto pelo povo através dos provérbios, das legendas de caminhões e dos ditos populares:

- Galinha só aparece na mesa do pobre quando um dos dois está doente.
- Pobre só enche a barriga quando morre afogado.
- Pobre com bagagem perde o trem.
- Ser pobre como rato de igreja.
- Arquivo de pobre é um prego na parede.
- Pobre é como pneu: quanto mais trabalha mais fica liso.
- Pobre com pouco se alegra.
- Pobre com rica casado, mais que marido é criado.
- Cinema de pobre é janela de trem.
- Rico sai de casa e pega o carro; pobre sai de casa e o carro pega.
- Alegria de pobre dura pouco.
- Pobre é cavalo do Cão andar montado.
- Pobre é o Diabo.
- Se cabelo fosse dinheiro pobre nascia careca.
- Pobre só engole frango quando joga de goleiro.
- Pobre só come carne quando morde a língua.
- Pobre é como punho de rede: só anda com a corda no pescoço.
- Pobre, mas não da graça de Deus.
- Pobre muda de patrão, mas não de condição.
- Pobre não é nem o que o rico foi.
- Pobre só anda de carro quando vai preso.
- Ladrão que entra na casa de pobre só leva susto.
- No dia em que chover comida o pobre nasce sem boca.
- Pobre não morre cedo.
- Pobre não tem amigo e nem parente.
- Pobre só levanta a cabeça quando quer comer pitomba.
- Televisão de pobre é espelho.
- Quando o rico geme o pobre é quem sente a dor.
- Pobre só sai do aperto quando desce do ônibus.
- Pobre nunca tem razão.
- Pobre quando acha um ovo, o ovo está goro.
- Quando o rico corre é atleta e quando o pobre corre é ladrão.
- Pobre é como pneu velho: só vive na lona.
- Pobre quando mete a mão no bolso só tira os cinco dedos.
- Pobre só vai prá frente quando a polícia corre atrás.
- Pobre só recebe convite quando é intimado pela polícia.
- O despertador do pobre é o galo do vizinho.
- Dinheiro de pobre é como sabão: quando ele pega, escorrega.
- Coceira na mão do pobre é sarna e na mão do rico é dinheiro.
- Pobre que arremeda rico, morre aleijado.
- Pobre só vai pra frente quando leva uma topada.
- Piscina de pobre é poça de lama.
- Rico fica gordo e pobre fica inchado.
- Pobres, nós todos somos: miseráveis quem se faz são os donos.
- Pobre só acha a vida doce quando está chupando pirulito.
- O rico bebe para se lembrar e o pobre para esquecer.
- Dinheiro na mão de pobre só faz baldeação.
- Rico bêbado é divertido: pobre bêbado é pervertido.
- Pobre é como papel higiênico. Quando não está no rolo está na merda.
- Champanha de pobre é Sonrisal.
- Em pé de pobre é que o sapato aperta.
- Entre ricos e pobres não há parentesco.
- Deus dá o pão, mas o pobre não tem dentes.
- Em cara de pobre é que o barbeiro aprende.
- Pobre só herda sífilis.
- O pau enverga no cu do rico, mas só quebra no cu do pobre.
- O pão do pobre só cai com a manteiga para baixo.
- O pobre só vive de teimoso que é.
- O pobre é como limão: nasceu para ser espremido.
- Pobre não casa, junta os trapos.
- Pobre é como cachimbo, só leva fumo.
- Se merda fosse dinheiro, pobre nascia sem cu.
- Rico em casa de pobre é a desgraça da galinha.
- Pobre em casa de rico ou é dinheiro emprestado ou fuxico.
- Pobre só descansa quando plantado de olho pra cima para comer capim pela raiz.
- Mais vale um pobre honesto do que um rico ladrão.
- Pobre só toma laranjada quando tem briga na feira.

Empresa cria urna funerária com o rosto do morto em 3D

Realmente não sei o que pensar sobre esse assunto, mas o poder da tecnologia 3D acabou se superando. Uma empresa está comercializando urnas, daquelas onde guarda-se os restos mortais, usando para isso, a imagem do morto. Em resumo, eles fazem um molde 3D da cabeça da pessoa e a transforma na última morada das suas cinzas.

Curiosamente, essa não é primeira e única. Uma outra empresa, chamada Eternal, lançou uma urna para satisfazer os amantes da série Star Trek.

Alguma dúvida de que farão sucesso pelo mundo? Você compraria?

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Amanhã será o DIA INTERNACIONAL DA ANIMAÇÃO

O Dia Internacional da Animação 2009 vai ser celebrado no dia 28 de outubro simultaneamente em mais de 400 cidades do Brasil e em 30 países.

O Dia Internacional da Animação - é uma mostra de curtas-metragens de animação nacionais e estrangeiros, que tem como objetivo trazer público, criar debates, divulgar as atividades dos profissionais, despertar o interesse em fazer cinema de animação, revelar talentos, formar novas platéias, além de integrar e motivar o público de cinema no país. A iniciativa tem apoio da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura.





segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Caravana Mundo New Holland em Uruaçu

Na próxima quinta-feira (29 de outubro), a cidade de Uruaçu receberá a Caravana Mundo New Holland, que nesta edição comemora a produção de 25 mil colheitadeiras TC, na fábrica de Curitiba-PR








E para celebrar esse importante momento, um evento, organizado em parceria com a concessionária local Embravel, será realizado no pátio da concessionária, localizada na Rod. BR 153, 972 QD01 – LT01 – Vila Mandacaru, Uruaçu, das 9h às 16 horas.

Na ocasião, os produtores rurais da região terão a oportunidade receber informações e de adquirir colheitadeiras da New Holland de forma facilitada, por meio da nova linha de financiamento de máquinas agrícolas, o BNDES PSI – Programa de Sustentação do Investimento.

A expedição, que percorre o Brasil há mais de dois anos, está de cara nova e oferece aos produtores de todo país máquinas líderes na preferência dos agricultores brasileiros. “As máquinas da linha TC são as colheitadeiras mais vendidas no Brasil. Além das vantagens que a tecnologia traz, em termos de resultado no campo, as TCs são o resultado de anos de pesquisa com os próprios agricultores. As sugestões de nossos clientes, nas várias regiões produtoras, garantiram colheitadeiras mais fortes e produtivas, conforme a necessidade de quem trabalha no campo”, diz o especialista de Marketing para colheitadeiras da New Holland, João Rebequi.

Sobre a New Holland

A marca New Holland é especialista no sucesso de seus clientes, agricultores, pecuaristas, locadores e profissionais da agricultura, seja qual for o segmento em que eles atuem. Seus clientes podem contar com a mais ampla oferta de produtos e serviços inovadores: uma linha completa de equipamentos, de tratores a colheitadeiras, complementada por serviços financeiros feitos sob medida e planejados por especialistas em agricultura. A rede de revendedores altamente profissional e o comprometimento da New Holland com a alta qualidade em tudo o que oferece, garantem o melhor atendimento a cada um dos seus clientes. Mais informações nos sites: http://www.newholland.com.br/ e http://www.mundonewholland.com.br/ e fotos no site http://www.newhollandfotos.com.br/.


Para mais informações entre em contato com a Assessoria de Imprensa

Fernanda Bolzan
(31)8417-2181

Uruaçu receberá ministro da Pesca


Ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin (foto) visitará Uruaçu dia 29 de outubro, quando tratará de diversos temas do segmento com outras autoridades (locais, regionais, estaduais e federais).

Na pauta, particularidades da Política de Desenvolvimento Territorial da Pesca e Aquicultura, que prevê a implantação de 174 áreas para implementação de programas e ações do Ministério da Pesca e Aquicultura no País. Esses Territórios foram delimitados a partir de identidades culturais, sociais e econômicas devendo ser integrados às metas do Plano Mais Pesca e Aquicultura.

Prefeito de Uruaçu e presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Integrado Serra da Mesa (CIDISEM), que também lida com serviços pertinentes ao setor, Lourencinho registra convites para que número máximo de participantes possa prestigiar os acontecimentos, que serão realizados no auditório do memorial Serra da Mesa, a partir das 10h. O ministro chegará ao aeroporto às 9h.

Uruaçu integra o Território Serra da Mesa, que conta com cerca de 19 cidades.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Uruaçu

Passando a Régua - Ed. n. 810

Coluna publicada na edição nº 810 do Jornal Diário do Norte
.
"O homem é um animal que faz barganhas".
.
Adam Smith
.
Candidato único
Sonho? Utopia? Necessidade! Enquanto os homens públicos de Uruaçu não se conscientizarem de que somente com união será possível que a cidade tenha um representante na Assembleia Legislativa. Enquanto todos estiverem olhando para os seus umbigos ou para as determinações de seus partidos, ou enquanto não deixarem as vaidades pessoais, os caprichos, birras, pirraças de lado, ninguém – ninguém mesmo –, será deputado por Uruaçu...
.
Espiritismo
“Você não tem inimigos externos. Inimigos nossos são os pensamentos errôneos que todos nós temos, e que lançamos ao ar, atraindo pensamentos semelhantes no próximo. Na realidade, ninguém pode ser inimigo nosso, pois Deus habita dentro de cada um de nós. Anule as inimizades emitindo pensamentos de tolerância e de amor a todas as criaturas, que são templos de Deus”, texto de Carlos Torres Pastorino, publicado no livro Minutos de Sabedoria, da Editora Vozes. Em Niquelândia, respeitando-se a este preceito, o Grupo Espírita A Caminho da Luz, convida aos interessados a participarem dos estudos desta doutrina, para suas reuniões públicas, todas as segundas-feiras, às 19h30, na Rua 24 de Janeiro, Qd. B Lt. 4, S/N, Bairro Santa Efigênia (próximo ao Colégio Tomaz Adorno).
.
Palestra
O Crea de Goiás realizará palestra em Uruaçu com o tema ‘Segurança - NR-10’, a ser proferida por Helder Borges. Será no dia 27 de outubro, às 20h, no Plenário da Câmara Municipal (Rua Formosa Nº 28 – Loteamento Santana). Inscrições no site do Crea-GO: www.crea-go.org.br e na Inspetoria Regional.
.
Dia da Animação
28 de outubro – Dia Internacional da Animação – O ‘Dia Internacional da Animação’ é uma forma de reunir os diversos agentes envolvidos na produção do cinema de animação e trazer visibilidade para tal expressão, gerando debates e novas proposições. No país o evento terá mostra nacional simultânea nos 26 Estados brasileiros mais o Distrito Federal, com exibição simultânea de filmes.
.
Fórum de cultura
Há um ano, no dia 25 de outubro de 2008, nascia em Uruaçu o Fórum Permanente Regional de Cultura (FPRC)!
.
Agende
I Forum Missionário da Diocese de Uruaçu, a partir das 14 horas do dia 31 de outubro com término previsto para às 17 horas do dia primeiro de novembro, no Centro de Treinamento Litúrgico do Seminário São José. Inscrições pelo telefone 62-3357-2135 ou por e-mail: comidiuruacu@hotmail.com . Será cobrado R$ 10,00.
.
Parabéns
Pe. Valdivino Borges Júnior, da diocese de Uruaçu, aniversariante do dia 31 de outubro!
.
_______________________________________________
.
Carlos Henrique Alves do Rêgo – Carzem, é sócio do Lions Clube de Uruaçu; Bel. em Ciências Contábeis pela UEG/Uruaçu; e, funcionário do Banco do Brasil, agência de Uruaçu
.

sábado, 24 de outubro de 2009

Suícidio

Sérgio Biagi Gregório

RESUMO: 1. Introdução. 2. Conceito. 3. Histórico. 4. Causas do Suicídio: 4.1. Perspectiva Biológica; 4.2. Teorias Psicológicas; 4.3. Sentido Sociológico. 5. Estatística. 6. Centros de Prevenção. 7. Doutrina Espírita: 7.1. Anotações Extraídas das Obras Básicas de Allan Kardec; 7.2. Anotações Extraídas das Obras Complementares; 7.3. Reflexões Baseadas nos Pressupostos Espíritas. 8. Conclusões. 9. Bibliografia Consultada.

1. INTRODUÇÃO
Quais são as causas que nos levam a tentar o suicídio? Por que um indivíduo apodera-se da direção de um avião e se transforma num homem-bomba? Tem o homem o direito de tirar a sua própria vida? Por que? Quais as conseqüências deste ato fatal na vida humana? Estas são, entre muitas outras, questões vitais para o entendimento do problema do suicídio. O nosso objetivo é analisar o tema segundo os pressupostos espíritas.

2. CONCEITO

Dado que o suicídio afeta todos os aspectos da vida humana, ele deve ser estudado levando-se em conta os componentes físicos, sociais, mentais etc. e que, em conseqüência, obedece a uma causação múltipla. A cada um desses componentes corresponde um ângulo de análise, e a cada ângulo, uma definição patológica, sociológica, moral, filosófica etc. Estas não devem ser necessariamente contraditórias, mas complementares. (Silva, 1986)

De um modo geral, define-se suicídio como a ação pela qual alguém põe intencionalmente termo à própria vida. É um ato exclusivamente humano e está presente em todas as culturas.

Do ponto de vista da Doutrina Espírita, o suicídio é considerado um crime, e pode ser entendido não somente no ato voluntário que produz a morte instantânea, mas em tudo quanto se faça conscientemente para apressar a extinção das forças vitais. Importa numa transgressão da Lei Divina. É sempre uma falta de resignação e de submissão à vontade do Criador. (Equipe da FEB, 1997)

3. HISTÓRICO

Percorrendo a história da humanidade, notamos que na Antigüidade os hebreus foram os que menos cometeram o suicídio. As Escrituras registram apenas o suicídio de Abimileque, de Saúl, de Aquitofel, de Zambri e pouco mais.

Nos povos orientais, o suicídio é um fato vulgar e normal. Os japoneses adotam o haraquiri, ritual de suicídio usando a espada. São famosos os camicases, pilotos japoneses, membros de um corpo de voluntários que no fim da 2.ª Guerra Mundial, treinados para desfecharem um ataque suicida contra objetivos inimigos, especialmente navios. Na Índia não se contam os suicídios senão aos milhares.

Na história do Egito, tornou-se célebre o suicídio de Cleóprata.

Em Cartago eram também freqüentes os suicídios. Amílcar matou-se humilhado por uma derrota e Aníbal suicidou-se para não cair nas mãos dos seus inimigos. Códio, rei de Atenas, matou-se para livrar o seu país dos horrores da guerra.

Na Idade Média, período caracterizado por uma maciça dominação religiosa, o suicídio diminuiu, pois quem o cometesse não recebia as bênçãos da Igreja. Na renascença, período de maior liberdade religiosa, o suicídio recrudesceu e continua até nos dias atuais, principalmente explicados pelos problemas causados pela Revolução Industrial e pelo Capitalismo nascente, os quais diminuíram os apelos à Religião. (Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira)

4. CAUSAS DO SUICÍDIO

As causas do suicídio são numerosas e complexas. Elas são geralmente analisadas sob três aspectos:

4.1. PERSPECTIVA BIOLÓGICA

Pesquisas indicam que o comportamento suicida acontece em famílias, sugerindo que fatores biológicos e genéticos desempenham papel de risco. Algumas pessoas nascem com certas desordens psiquiátricas tal como a esquizofrenia e o alcoolismo, o que aumenta o risco de suicídio.

4.2. TEORIAS PSICOLÓGICAS

Em princípio o suicídio é comparado por muitos psicológicos com os casos de neurose.

Os determinantes do suicídio patológico estão nas perturbações mentais, depressões graves, melancolias, desequilíbrios emocionais, obsessões, delírios crônicos,

O psiquiatra americano Karl Menninger elaborou sua teoria baseando-se nas idéias de Freud. Ele sugeriu que todos os suicidas tem três dimensões inconscientes e interrelacionadas: vingança/ódio (desejo de matar); depressão/desespero (desejo de morrer); culpa/pecado (desejo de ser morto).

4.3. SENTIDO SOCIOLÓGICO

Socialmente o suicídio é um ato que se produz no marco de situações anômicas (desorganizadas) em que os indivíduos se vêem forçados a tirar a própria vida para evitar conflitos ou tensões inter-humanas, para eles insuportáveis. Para Émile Durkheim, a causa do suicídio só pode ser sociológica. Em seu estudo caracterizou três tipos de suicidas:
a) suicida egoísta. A pessoa se mata para não sofrer mais;
b) suicida altruísta. A pessoa se mata para não dar trabalho aos outros (geralmente pessoas de idade);
c) suicida anômico. A pessoa se mata por causa dos desequilíbrios de ordem econômica e social. Exemplo: a Revolução Industrial, tirando empregos de algumas pessoas, estimulou-lhes o suicídio. (Enciclopédia Encarta)

5. ESTATÍSTICA

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estimou em 1 milhão o número de suicídios em 2000. De acordo com a organização, a média anual de suicídios no mundo passou de 10,1 a cada 100.000 habitantes, em 1950, para 16 casos no mesmo universo de pessoas em 1995, o que corresponde a um aumento de 60%.

Países do Leste Europeu são os recordistas em média de suicídio por 100.000 habitantes. A Lituânia (41,9), Estônia (40,1), Rússia (37,6), Letônia (33,9) e Hungria (32,9). Guatemala, Filipinas e Albânia estão no lado oposto, com a menor taxa, variando entre 0,5 e 2. Os demais estão na faixa de 10 a 16.

Em números absolutos, porém, a China lidera as estatísticas. Foram 195 mil suicídios no ano de 2000, seguido pela Índia com 87 mil, a Rússia com 52,5 mil, os Estados Unidos com 31 mil, o Japão com 20 mil e a Alemanha com 12,5 mil. (Folha de São Paulo, 05/07/2000, p. a11).

Resumindo: na Ásia e Oriente a taxa de suicídio por 100.000 habitantes é mais do que 16, na América do Norte situa-se entre 8 e 16, na América do Sul apresenta-se com menos de 8 e na África não há dados disponíveis.

Gertner calcula que por cada suicídio completado há 10 tentativas. Os homens tendem a se suicidar de modo violento; as mulheres de modo suave e em menor proporção.

Observação: há que se tomar cuidado na comparação estatística entre nações, porque nem todos têm o mesmo conceito do que seja morrer por suicídio.

6. CENTROS DE PREVENÇÃO

O Reverendo Chad Varah, de 89 anos, é o criador do serviço de prevenção ao suicídio. Samaritanos é o nome britânico da ONG cuja similar brasileira funciona desde o início dos anos 60 como CVV, Centro de Valorização da Vida.

Pastor anglicano, Chad Varah começou seu trabalho em 1936, quando foi chamado para oficiar o funeral de uma menina de 14 anos. A garota havia se suicidado ao ficar menstruada pela primeira vez. Desesperada, pensou que havia contraído uma doença. Esse episódio chocou de tal maneira o jovem reverendo que ele resolveu dar aulas de educação sexual para jovens. Descobriu depois, numa notícia de jornal, que três pessoas se suicidavam a cada dia em Londres. Foi assim que, em 1953, numa pequena sala munida de telefone na Igreja de St. Stephen, no centro londrino, ele fundou os Samaritanos. (Folha de São Paulo, 24/06/2001, p. A 19)

Atualmente há muitos Centros como esses, inclusive com endereço na Internet. No Brasil, além do CVV, há também o Socorro Emocional, que do mesmo modo que o CVV, segue os preceitos do psicólogo norte-americano Carl Rogers (1902-1987), cuja tese é a de que todo o ser humano tem potencial suficiente para encontrar saídas para o seu próprio problema.

7. DOUTRINA ESPÍRITA

7.1. ANOTAÇÕES EXTRAÍDAS DAS OBRAS BÁSICAS DE ALLAN KARDEC

Em O Livro dos Espíritos, nas perguntas 943 a 957, Allan Kardec discute o tema apontando as causas e as conseqüências deste ato sinistro. Diz-nos que o desgosto pela vida é efeito da ociosidade, da falta de fé e geralmente da saciedade. Para aqueles que exercem as suas faculdades com um fim útil e segundo as suas aptidões naturais, o trabalho nada tem de árido a vida se escoa mais rapidamente. Os Espíritos nos advertem que quando cometemos o suicídio responderemos como por um criminoso. Acrescenta ainda que "aquele que tira a própria vida para fugir à vergonha de uma ação má, prova que tem mais em conta a estima dos homens que a de Deus, porque vai entrar na vida espiritual carregado de suas iniquidades, tendo-se privado dos meios de repará-las durante a vida. Deus é muitas vezes menos inexorável que os homens: perdoa o arrependimento sincero e leva me conta o nosso esforço de reparação; mas o suicídio nada repara".

Em O Evangelho Segundo o Espiritismo, no capítulo V - Bem-Aventurados os Aflitos, analisa o suicídio juntamente com a loucura, e nos diz que "a calma e a resignação, hauridas na maneira de encarar a vida terrestre, e na fé no futuro, dão ao Espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio". A leitura atenta deste capítulo do Evangelho seria um preservativo para todos os males da humanidade, pois não só nos explica os meios de nos livrarmos da pena como também nos alerta para o bem e o mal sofrer, sobre a melancolia etc.

Em O Céu e o Inferno, no capítulo V, há relatos dos próprios suicidas sobre o seu estado infeliz na erraticidade. Verificando cada um deles, vamos observar que, embora o sofrimento seja temporário, nem por isso deixa de ser difícil, pois o remorso parece não ter fim.

7.2. ANOTAÇÕES EXTRAÍDAS DAS OBRAS COMPLEMENTARES

No livro Memórias de um Suicida, fala-se do vale dos suicidas, ou seja, o lugar para onde vão as almas daqueles que cometeram o suicídio. Por que vale? É um lugar que tem um desnível com relação ao plano? Dá-se a impressão que todos os que cometem o suicídio vão para esse lugar de sofrimento atroz, em que figuras dantescas aparecem a todo o momento, e o indivíduo que cometeu o suicídio fica sentindo os germes comerem o seus restos mortais.

Em Mecanismos da Mediunidade, o Espírito André Luiz, ao discutir sobre a ideoplastia do pensamento, fornece-nos elementos para a nossa reflexão sobre este tema. Se muitos ficam pensando no suicídio, eles criam um campo mental, uma espécie de aura de formas- pensamentos, e se um Espírito menos avisado entrar nessa faixa vibratória, ele poderá ser induzida ao cometer este ato. Por isso, precisamos tomar cuidado com o teor energético do nosso pensamento, pois uma vez emitido ele criará as forças desencadeantes para a ação.

7.3. REFLEXÕES BASEADAS NOS PRESSUPOSTOS ESPÍRITAS

1. Continuar Vivo. Um dos grandes embaraços de quem comete o suicídio, pensando que teria dado cabo da vida, é a surpresa de que continua vivo. Nesse sentido, de que vale tirar-nos a vida, se continuamos a existir?

2. Atenuantes e Agravantes. Não temos o hábito de relacionar a parte e o todo e podemos cair no erro da absolutização do relativo. É o caso de estigmatizar todos os Espíritos que cometeram suicídio, colocando-os num mesmo grau de sofrimento e punição. Há que se considerar a influência que receberam dos outros, os seus estados mentais etc. Será que nós, com o nosso modo impensado de agir, não os induzimos involuntariamente? Será que a sociedade, pelo seu descaso, não deixou de auxiliá-los, quando podia fazê-lo?

3. O Espírita tem de opor-se à idéia do suicídio. A certeza da vida futura lhe dá condições de saber que será menos ou mais feliz de acordo com a resignação com que tiver suportado os sofrimentos aqui na Terra.

4. Suicídio inconsciente. O relato do Espírito André Luiz, quando estava no umbral - e ouvia chamá-lo de suicida -, é marcante, pois mesmo não o tendo cometido voluntariamente, dissipou desordenadamente as suas energias físicas e mentais. No campo mental, a cólera, a falta de autodomínio e inadvertência no trato com os semelhantes; no campo físico, o aparelho gástrico foi destruído à custa de excessos de alimentação e bebidas alcoólicas.

5. Orar e vigiar. Nunca se deve dar tanta atenção a este dispositivo da mente. Há muitos momentos de angústia, de solidão, mas temos que passar por cima como um trator que vai moendo tudo o que lhe vem de encontro. Utilizando-nos da prece e da vigilância, podemos aliviar muitos desses males do pensamento.

8. CONCLUSÕES

Enfrentemos a nossa vida, pois não podemos ter outra. Lembremo-nos de que o problema pode não ser tão grave quanto a nossa imaginação o pinta. Quem sabe se esperarmos um pouco mais, exercitando a paciência e a resignação, a dificuldade não toma outro rumo, a doença não recebe o remédio correto, o desgosto não tem o consolo necessário? Depositemos a nossa confiança inteiramente em Deus. Ele sabe o momento oportuno de nos tirar do embaraço.

9. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

EQUIPE DA FEB. O Espiritismo de A a Z. Rio de Janeiro, FEB, 1995.
KARDEC, A. O Céu e o Inferno ou A Justiça Divina Segundo o Espiritismo. 22 ed., Rio de Janeiro, FEB, 1975.
KARDEC, A. O Evangelho Segundo o Espiritismo. 39. ed., São Paulo, IDE, 1984.
KARDEC, A. O Livro dos Espíritos. 8. ed., São Paulo, FEESP, 1995.
XAVIER, F. C. Mecanismos da Mediunidade, pelo Espírito André Luiz. 8. ed., Rio de Janeiro, FEB, 1977.
Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. Lisboa/Rio de Janeiro, Editorial Enciclopédia, s.d. p.
Enciclopédia Encarta. http://encarta.msn.com
SILVA, B. (coord.) Dicionário de Ciências Sociais. Rio de Janeiro, Fundação Getúlio Vargas, 1986.
São Paulo, novembro de 2001

24 de outubro - Aniversário de Goiânia

História:
.
Em 24 de outubro de 1933, lançou-se a pedra fundamental da construção da nova capital de Goiás, num gesto simbólico que marcou a fundação da cidade. Em 2 de agosto de 1935, criou-se, através do Decreto Estadual n. 327, o Município de Goiânia.
.
A efetiva transferência da capital do estado para Goiânia, todavia, somente foi oficializada em 1937, e a inauguração oficial da cidade somente aconteceria em 1942, com o Batismo Cultural. Segundo estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade de Goiânia tem atualmente 1,281 milhão de habitantes.
.
.
.
Imagens:
.
Em homenagem ao prefeito Iris Rezende, grande lider do PMDB, seguem 15 imagens da nossa capital!
.
.
Catedral Metropolitana de Goiânia
.
.
.
Coreto no centro da cidade de Goiânia
.
.
.
Parque na cidade de Goiânia

.
.

Avenida Assis Chateaubriand, ao fundo a Praça Tamandaré

.
.
Centro Político Administrativo do Estado de Goiás, na Cidade de Goiânia

.
.
Parque Botafogo, um dos diversos parque e áreas de preservação de Goiânia
.
.
.
Palácio das Esmeraldas, localizado na Praça Cívica
.
.
.
Autódromo da cidade de Goiânia
.
.
.
Planetário
.
.
.
Parque Mutirama
.
.
.

Estádio de Futebol Serra Dourada
.
.
.
Largada do Rali dos Sertões em Goiânia
.
.
.

Museu de Arte Contemporânea
.
.
.
Estatua o Bandeirantes - símbolo de Goiânia
.
.
.
Monumentos às Três Raças
.
.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

O que as mulheres dizem depois do sexo?

AS ADOLESCENTES
- Ai, será que vou engravidar?

AS NAMORADEIRAS
- Qual é o seu nome mesmo?

AS TARADAS
- Por que parou ? Parou por quê?

AS MODERNINHAS
- Você é bem melhor que meu marido!

AS DONAS-DE-CASA
- Terminou? Posso fazer a janta?

AS EXIGENTES
- Isso é o melhor que você pode fazer?

AS INGRATAS
- Só isso?

AS INSEGURAS
- E agora ? O que as minhas amigas vão pensar de mim?

AS MENTIROSAS
- Você é o primeiro que me faz sentir isso.

AS INSACIÁVEIS
- As preliminares foram ótimas. Agora vamos fazer pra valer.

AS PROFISSIONAIS
- São 50 reais.

A SUA
- Pô, broxou de novo?


Fonte:
Blog Cidadão Maluco

Novela O Todo Poderoso [ 1979 - 1980 ]

.
Exibição: 19 de novembro de 1979 a 19 de julho de 1980
Horário:
20 horas
Emissora:
Bandeirantes
Autores:
Clóvis Levy, José Safiotti Filho, Carlos Lombardi, Edi Lima e Ney Marcondes
Direção: J. Marreco, Henrique Martins, David José e Maurice Capovilla
.
.
Sinopse
.
No hospital do Dr. Cristiano (Jorge Dória), um turbilhão de amor e forças do além tomam posse de seus funcionários. O clímax é o choque entre Cristiano e sua ética profissional com o curandeiro popular Emanuel, um paranormal.
.
Elenco
.
Aizita Nascimento (Vitória)
Alberto Ruschel
André Leão (Renê)
Clarice Seabra
Cristina Santos (Marta)
David José
Denise Del Vecchio (Carmem Silvia)
Edith Siqueira
Eduardo Tornaghi (Emanuel)
Elizabeth Hartmann
Fábio Cardoso (Léo)
Flávio Galvão
Fúlvio Stefanini
Geny Prado (Eulália)
Geraldo Del Rey (Cláudio)
Gésio Amadeu (Tião)
Gessy Fonseca (Melica)
Henrique Martins (D'Angelo)
Ileana Kwasinski (Loló)
João Signorelli (João)
Jofre Soares (Pe. Ludgero)
Jorge Dória (Dr. Cristiano)
Kate Hansen (Dra. Paula)
Léa Camargo
Lilian Lemmertz (Matilde) Marco Nanini (Caio)
Maria Aparecida Baxter
Marise Cigane
Noemi Marinho
Régis Monteiro (Norberto)
Renato Borghi (Dudu)
Ricardo Dias
Sebastião Campos (Queiroz)
Selma Egrei (Linda)
Sônia Samaia
Valdir Fernandes
Vera Lima (Tereza)
Wilma Guerreiro
Yara Grey
.
Bastidores
.
Mais uma tentativa da Bandeirantes de entrar no ramo competitivo da telenovela. Buscando uma concorrência direta com a Globo, no seu tradicional horário das oito da noite, a emissora utilizou um tema de impacto: a paranormalidade.
Entretanto a história seguiu indefinida até que Wálter Avancini assumiu a direção de teledramaturgia da emissora e, a partir do capítulo 100, substituiu os autores por Carlos Lombardi, Edi Lima e Ney Marcondes, e a direção por Henrique Martins e David José. Criou-se então uma novela de horror, com possessão do diabo e tudo mais. O público se encarregou do exorcismo.
Paranormalidade também foi o tema principal das novelas O Homem Que Deve Morrer, O Profeta e Sétimo Sentido.
.
.
Morte de D'Angelo (Henrique Martins) muda os rumos da novela da Band!
.
Revista Ilusão (1980)
.
.
.
.
.
Tilha Sonora:
.
.
01. O TODO PODEROSO - Maurício Duboc
02. A ROSA - Chico Buarque e Sergio Endrigo
03. A PELEJA DO DIABO COM O DONO DO CÉU - Zé Ramalho
04. BELEZA PURA - A Cor do Som
05. GAZELA - Wando
06. ESTRANHO PODER - Cristina Santos
07. A FORÇA - Zizi Possi
08. ARDENTE - Ney Matogrosso
09. BRASLEIRO NO MEU CALOR - Sidney Magal
10. DIREITOS - Kátia
11. MOMENTO BREVE - Alvinho
12. SOMBRAS - Passoca
.
Direção musical: Nestor de Almeida
Coordenação de produção: Sérgio Lopes
.
Tema de Abertura: O TODO PODEROSO - Maurício Duboc
Amiga, quando eu toco em tua mão
Eu me esqueço até da razão
Sei que tudo vai mudar
Eu adivinho em teu olhar
Eu pressinto em teu caminhar
Até vejo em teu bem-amar
E sinto que é normal eu te adorar
Natural te querer bem
Sem medo e sem saudade
Vejo o tempo bom que vai chegar
E prevejo que vai dar
Pra gente nunca mais chorar
E para normalmente amar-te, conhecer-te
Sou todo poderoso, sou mais eu
Eu sou quase um deus
Milagre é o teu sorriso
Divina é a tua entrega
E o certo dessa vida é te adorar, te amar
Te adorar para todo o sempre
Nunca, nunca mais chorar...
.
.
.
.
Fontes:
.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Semana Missionária para a Igreja Católica na Amazônia

No próximo domingo, 25, o presidente da Comissão para a Amazônia da CNBB , Dom Jayme Henrique Chemello, vai presidir a Santa Missa de abertura da Semana Missionária para a Igreja Católica na Amazônia, na Catedral da Sé, em Belém-PA, às 9h. Da mesma forma, a abertura também ocorrerá em todas as dioceses do Brasil.

Na sede da CNBB, em Brasília, nesta terça-feira, 20, a oração de abertura da reunião do Conselho Permanente foi voltada para a Semana. Todos os funcionários e assessores da Conferência participaram do momento. Segundo a assessora da Comissão, Ir. Maria Irene Lopes dos Santos, o objetivo é estar unido em oração para que o bom êxito da Semana em todo o país.

“Dioceses, paróquias e comunidades devem se envolver na realização da Semana Missionária, com o objetivo de chamar atenção para a região e a realidade social e ambiental na qual o seu povo vive. Cabe às igrejas particulares de todo o país lançar um olhar sobre o evento para que façam as pessoas se interessarem pelas causas da Amazônia”, disse a assessora.

O evento é organizado pela Comissão Episcopal para Amazônia e acontece até o dia 31. O material de divulgação e apoio ao evento (texto-base, folderes e cartazes) já foi distribuído para todas as dioceses do país.

22 de outubro - Dia Internacional de Atenção à Gagueira



www.gagueira.org.br

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Por debaixo dos panos

Letra de música
Ney Matogrosso

O que a gente faz
É por debaixo dos pano
Prá ninguém saber
É por debaixo dos pano
Se eu ganho mais
É por debaixo dos pano
Ou se vou perder
É por debaixo dos pano...(2x)

É debaixo dos pano
Que a gente não tem medo
Pode guardar segredo
De tudo que se vê
É debaixo dos pano
Que a gente fala do fulano
E diz o que convém...

É debaixo dos pano
Que eu me afogo
Que eu me dano
Sem perder o bem...(2x)

O que a gente faz
É por debaixo dos pano
Prá ninguém saber
É por debaixo dos pano
Se eu ganho mais
É por debaixo dos pano
Ou se vou perder
É por debaixo dos pano...(2x)

É debaixo dos pano
Que a gente esconde tudo
E não se fica mudo
E tudo quer fazer
É debaixo dos pano
Que a gente comete um engano
Sem ninguém saber...

É debaixo dos pano
Que a gente
Entra pelo cano
Sem ninguém ver...(2x)

O que a gente faz
É por debaixo dos pano
Prá ninguém saber
É por debaixo dos pano
Se eu ganho mais
É por debaixo dos pano
Prá ninguém saber
É por debaixo dos pano
O que a gente faz
É por debaixo dos pano
Prá ninguém saber
É por debaixo dos pano
Se eu ganho mais
É por debaixo dos pano
Ou se vou perder
É por debaixo dos pano...

É debaixo dos pano
Que a gente esconde tudo
E não se fica mudo
E tudo quer fazer
É debaixo dos pano
Que a gente comete um engano
Sem ninguém saber...

É debaixo dos pano
Que a gente
Entra pelo cano
Sem ninguém ver...(2x)

Biografia de Ney Matogrosso
Mato-grossense da cidade de Bela Vista, Ney Matogrosso é personagem controverso e indispensável da história da música popular brasileira. Integrante do grupo relâmpago Secos & Molhados que o projetou para a música brasileira e apresentou uma nova vertente performática, carregada nos recursos teatrais, Ney, não por acaso, a princípio, queria ser ator. Mudou-se para o Rio em 1966 no intuito de fazer sucesso com sua teatralidade. Virou hippie e sobreviveu por um tempo à base das peças de artesanato que fazia ou revendia. Em 1971 mudou-se para São Paulo e conheceu Sérgio Ricardo, que queria formar o Secos e Molhados e procurava alguém com tino teatral e voz aguda. Ney caiu como uma luva, e o grupo logo tornou-se um fenômeno e uma novidade no rock brasileiro. Devido a conflitos internos, a banda durou menos de um ano e meio, desfazendo-se logo após a gravação de seu segundo disco. Entretanto, a curta trajetória não impediu que o Secos & Molhados vendesse mais de um milhão e meio de cópias. Após o término da banda Ney seguiu em carreira solo e fez shows em todo o Brasil além de EUA, Europa, Israel e vários países da América do Sul durante os anos 70 e 80. Em 1986, com o projeto “Luz do Solo”, Ney apresentou-se pela primeira vez sem fantasia ou maquiagem, inaugurando uma nova fase de sua carreira, em que a música assume seu papel fundamental, deixando o teatro de lado, e que o repertório se compõe basicamente de clássicos da MPB, deixando a ousadia a encargo dos arranjos e da produção das faixas.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Não sou dizimista

Não sou dizimista. Já fui. Não sou mais.
Nenhum devorador atacou a minha casa.
Nenhum demônio ou gafanhoto saqueou a minha despensa.
Não sou nenhum ladrão, sou apenas alguém que entendeu
que o dízimo era para os judeus e não para os cristãos.
Os pregadores me chamam de ladrão, eu os chamo de mentirosos.
Eu não sou judeu e eles não são levitas.
Se o dízimo está sendo um peso para sua vida, alivie-se desta carga.
Não dizime com cheque pré-datado, dinheiro emprestado,
cartão de crédito nem depósito bancário.
Não dizime sobre aquilo que você não tem.
Não suje seu nome, muito menos o nome de Deus.
Não se renda a chantagens emocionais ou espirituais.
Não tenha receio de recusar envelopes com pedidos de oferta.
Se o envelope já estiver no seu banco, rasgue-o ou coloque
a quantia que você quiser, e não ponha o seu nome.
Não creia em promessas espirituais, físicas ou financeiras
precedidas de pedidos de ofertas em dinheiro.
Jesus nunca fez isso, nem os apóstolos.
Os homens que mais pedem dinheiro são os mais miseráveis
e também os mais avarentos.
Os apóstolos Paulo e Pedro também não eram dizimistas.
Biil Gattes , o homem mais rico do mundo não é dizimista,
no entanto, tem distribuído em vida parte de sua fortuna.
A verdadeira obra de Deus não vai acabar pela falta do dízimo,
mas pode ter certeza que os pilantras e picaretas da fé vão desaparecer.
É o que eu espero.

Passando a Régua - Ed. n. 809

* Coluna publicada na edição nº 809 do Jornal Diário do Norte

"As pessoas podem duvidar do que você diz, mas elas acreditarão no que você faz".

Lewis Cass

50 anos
O Colégio Nossa Senhora Aparecida (CNSA), carinhosamente chamado “Colégio das Irmãs”, em Uruaçu, está comemorando 50 anos de sua fundação! Na programação comemorativa: alvorada festiva com fanfarra (professores e alunos), no dia 16, às 6h e missa solene, às 8h; e, no dia 17, a partir das 18h, homenagens com apresentações culturais. Parabéns, CNSA! Parabéns, irmãs Dominicanas! Parabéns, Uruaçu!

Educação
No dia 17 de outubro, no Memorial Serra da Mesa, foi lançado oficialmente o Plano de Mobilização Social pela Educação, pelo Comitê Municipal de Mobilização Social pela Educação, que, preocupado com os problemas relacionados com as escolas públicas, criou este plano com o intuito de abraçar a causa da melhoria da Educação em Uruaçu.

Pedofilia
Dom José Luiz Azcona, bispo de Marajó-PA, recebeu, da Assembleia Legislativa do Pará, a comenda ‘Mérito Nossa Senhora de Nazaré’, pelos trabalhos prestados no combate à pedofilia. A entrega da comenda faz parte do calendário anual da Assembleia de homenagear, no mês da realização do Círio de Nazaré, personalidades com atuação destacada em prol da sociedade. Dom Azcona recebeu a comenda, no dia 8 de outubro, como reconhecimento ao apoio importante que deu à CPI da Pedofilia, sendo um dos primeiros a denunciar casos de abuso sexual contra jovens e adolescentes na Ilha do Marajó. Segundo levantamento da CPI, foram 25 mil casos em cinco anos. (Fonte: www.diocesedeuruacu.com.br )

Comentário
Isso não é notícia da mídia de massas... Se fosse o inverso, um bispo pedófilo, por exemplo, a gente já teria enojado de ver nos telejornais, mas como este bispo, assim como a maioria dos padres, bispos e demais hierarquias da Igreja Católica, não compactua com a pedofilia, então não vira notícia nacional.

Seminário
A "Cura Pelo Amor e Pelo Magnetismo" é o tema do III Seminário Terapia do Passe que está acontecendo desde o último dia 17. Na programaçao, dias 17,18, 24 e 25 de outubro, a partir das 8h, no auditório do Instituto Educacional Emmanuel, da Irradiação Espírita Cristã. O seminário está sendo ministrado pelo renomado escritor espírita Jacob Melo e está dividido em quatro módulos. Na oportunidade, palestras sobre o passe, suas técnicas e aplicações.

Parabéns
Pe. Rodrigo Garcia Coelho, pároco da Paroquia de São Sebastião, Uruaçu, aniversariante do dia 15 de outubro! E no dia 18 foi o aniversário de Mons. Jurandir Antônio de Souza, da Paroquia de Santa Terezinha de Goiás.

_______________________________________________

Carlos Henrique Alves do Rêgo – Carzem, é sócio do Lions Clube de Uruaçu; Bel. em Ciências Contábeis pela UEG/Uruaçu; e, funcionário do Banco do Brasil, agência de Uruaçu

domingo, 18 de outubro de 2009

18 de outubro - Dia do Médico

.
São inúmeras as suas especialidades, mas o seu compromisso é salvar vidas. Trazendo esperança, seu trabalho é incansável, pois não escolhe dia para exercer sua profissão.
.
.
O médico é respeitado na sociedade e é sinônimo de cuidado com a saúde e a vida.
.


sábado, 17 de outubro de 2009

Banheiro espelhado

Você ficaria à vontade para fazer suas necessidades fisiológicas nesse banheiro?
Espelhado por fora mas você consegue ver tudo quando está dentro.
Eu não sei, no mínimo diferente… Fica na Suécia e é um banheiro público!
.
Fonte: Blog Asttro